25 de fev. de 2020

Disciplina MESTRADO História das Religiões Afro-Brasileiras - Textos

Textos da Disciplina "Processo de Formação do Campo Religioso Afro-Brasileiro: dos Candomblés à Umbanda", do Mestrado em História da UEG, Campus Morrinhos (PPGHIS-UEG).

Ementa: Analisar o longo processo de formação das principais religiões de origem africana que surgiram no Brasil. Primeiramente pretende-se explorar os traços das religiosidades dos povos africanos que para aqui foram trazidos como escravos, provenientes das culturas Banto, Jeje e Iorubás, e que começaram a se manifestar no período colonial (séc. XVII e XVIII) em práticas híbridas como as bolsas de mandingas, os calundus e a feitiçaria negra. A seguir passaremos à análise do processo de formação dos primeiros candomblés da Bahia no século XIX e do Tambor de Mina no Maranhão, suas características e sua luta contra a repressão da Igreja e do Estado. Por fim, estudaremos como este conjunto de religiosidades chegou ao Rio de Janeiro, formando as práticas religiosas que ficaram popularmente conhecidas na época como “macumbas” ou “baixo espiritismo”, devido à influência do espiritismo francês. Do seio destas práticas houve o surgimento, no início do século XX, da Umbanda, uma nova forma de religião híbrida. Para finalizar abordaremos ainda como estas religiões resistem até os dias atuais, e como elas se inserem no mercado religioso no Brasil atualmente.

Plano de Curso

11/03 (08h) – Texto 01: Religião Tradicional Africana em Moçambique

18/03 (12h) – Texto 02: Orixás – Deuses Iorubás na África e no Novo Mundo

25/03 (16h) – Texto 03: As faces de Exu

01/04 (20h) – Texto 04: O Diabo e a Terra de Santa Cruz. Cap. 3 – Sobrevivência material

08/04 (24h) – Texto 05: As bolsas de mandinga e os embrulhos de feitiço

15/04 (28h) – Texto 06: Da Necessidade do Diabo

22/04 (32h) – Texto 07: Estratégias de mediação simbólica em um Calundu Colonial

29/04 (36h) – Texto 08: A Formação do Candomblé. Cap. 4 - A Contribuição Jeje

06/05 (40h) – Texto 09: O Conceito de Nação nos Candomblés da Bahia

13/05 (44h) – Texto 10: Orixás da Metrópole. Cap. 4 – A Estrutura religiosa do Candomblé

20/05 (48h) – Texto 11: A história do feiticeiro Juca Rosa

27/05 (52h) – Texto 12: O baixo espiritismo e a história dos cultos mediúnicos

03/06 (56h) – Texto 13: Da África para o Brasil, de Orixá a Egum. Cap. 4 – Fundação e consolidação da Umbanda

10/06 (60h) – Texto 14: Umbanda. Cap. 4 – A Umbanda, em Síntese

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...